Monday, March 17, 2008

Correspondência minha para a Tailandia...

Acordei relativamente cedo com vontade de despachar trabalho o fim de semana foi doce... a ida ao lux... deixou me estranho...desconfio que a Porteira já me conhece e sorri com alguma candura... mas posso imaginar isso... não sei... de qualquer maneira acho inteligente dizer lhe bom dia e boa noite... mesmo que depois não a puxe para um dialogo por curto que seja... enfim...
Apanhei sol, trabalhei um cadito... mas o lux teve de facto importância... O joão tem um grupo de amigos grande e foi à festa de aniversário, eu fiquei em casa a despachar desenhos e mudar memórias descritivas às 3h da manhã fui ter com ele ao bairro... esse grupo dele no qual entro mas não faço esforço para fazer parte também ia ao lux e assim em bando lá fomos nós... havia lá uma miuda...muito atraente.... olhava me sorria me...disse que se chamava Silvia... mas pouco falei com ela... achei que ataque declarado a uma das miudas mais giras do grupo seria ofensivo e por deixei me arrastar em grupo...falando só quando requesitado a argumentar.... ficamos por olhares...temos tempo pensei... e existem outras paixões na cabeça deste jovem casa nova...
talvez ande me a tentar focar nos amigos nas nossas conversas...deixar.te confortavel para fazer parte deles... mas o outro lado libertino...vai vivendo cavalarias significativas...

Ela estava lá de novo... franja como a tua...sinceramente algo que gosto...que me deixa curioso...gosto desse vosso tipo de penteado onde uma tesoura num gesto só corta vosso cabelo à frente em franja... tinha a visto lá... na sexta passado e agora sábado lá estava ela de novo... tão familiar...aproximei me dela... e por espanto...a aproximação era natural...ansiosa...porém... um desejo de abraçar alguem que não conhecemos... vontade de lhes tocar nos cabelos sentir o cheiro?... pensei... Maltez... estás "fubado"... não é assim que tu és...rapaz...és lobo mau... ou pequenina criança?... um pouco dos dois... agora tou à espera que ela me telefone...
Falamos muito e a musica foi confidente e aliada...obrigava à aproximação... porém nem era pensado...era o beat... era a escolha em gritar ou falar baixinho... falei baixinho... pode ter sido um momento isolado... mas estavamos contentes de nos conhecermos...

No fim da noite ou inicio do dia....peguei no carro e fui ver o nascer do sol... ouvi 3 musicas enquanto me distraia com os pardais em cima da cancela...e o Tejo à frente... não queria dormir... queria a minha "gatinha pulguenta"... uma menina doce e morena...que me conforta com pequenos nadas... A verdadeira felicidade só existe quando partilhada...
Esta frase...está no filme into the wild ...filme que vi também no fim de tarde de domingo...

Bom almoço...eu ainda não comi...só almoço quando acabar um desenho!

1 comment:

barb michelen said...

Hello I just entered before I have to leave to the airport, it's been very nice to meet you, if you want here is the site I told you about where I type some stuff and make good money (I work from home): here it is